sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

CASA DE CRIADORES 44 | QUINTO E ÚLTIMO DIA DE DESFILES



Enfim, o último dia da Casa de Criadores. O 5o dia contou com uma série de desfiles políticos, com críticas à sociedade, porém sem perder estilo e personalidade.

Heloisa Faria abriu o último dia de desfiles da Casa de Criadores com uma um desfile apaixonante, leve e inspirador. A coleção que tinha como base um tom azul claro, contando com  estampas de nuvens, transparência e variedade em tecidos. É impossível não amar esse trabalho incrível!
Eu amei os detalhes da modelagem e cores do desfile da coleção do Saint Studio. Sua pegada minimalista, mas com toque a mais, trouxe detalhes elegantes e acabamentos que chamaram a atenção. Devemos ficar de olho Saint, pois a marca é uma ótima aposta para o futuro das marcas brasileiras.

Os modelos de Angela Brito também nos trouxeram um minimalismo moderno com destaques em seus cortes diferenciados, abotoamentos e golas bem marcantes. Mesmo com aspectos bem minimalistas, as cores da paleta deixaram a coleção com uma pegada bem moderninha.

Listras, roupas com muito movimento, abotoamentos, detalhes em penugem e estampas bem marcantes foram destaques no desfile de Martins.Tom que foi inspirado em no conforto do colo de sua avó, onde as roupas e estampas lúdicas lembram a infância do estilista.

Fernando Cozendey chegou nas passarelas levantando a poeira da Casa de Criadores a toda velocidade! Seu desfile trazia muita cor, com uma pegada pop e um estilo esportivo-sensual do mundo automotivo. Amarrações, estampas e cores bem vibrantes foram os pontos fortes dessa coleção.

O espetáculo de Vicente Perrotta me fez levantar, aplaudir de pé e emocionou muitos na plateia. O designer trouxe em seu desfile uma reflexão sobre como o transgênero vive na sociedade, marginalizado, criminalizado, escondido e sem oportunidades. Confesso que demorei alguns minutos para entender, mas logo que que ficha caiu, fiquei impressionado com tanta sensibilidade e arte.
Fechando a semana de moda, a Brechó Replay fez uma alusão incrível à sua última passarela. Na última edição da Casa dos Criadores a marca trouxe uma coleção inspirada no universo infantil, mais exatamente, a hora do recreio, já neste ano participamos da cerimônia de formatura. O desfile nos presenteou com uma tendência ainda não tão aceita, mas que em breve, estará a mil, OS ANOS 2000. Com estampas da década, diversas peças faziam alusão às tatuagens tribais de chicletes, cintos com rebites e uma pegada bem rebelde comum dos adolescentes.

Postagem em destaque

CASA DE CRIADORES 44 | QUINTO E ÚLTIMO DIA DE DESFILES